(49) 3312 0015 | 3316 0016
(49) 98873.9516

Informações e Dicas

26
MAI

08 Dicas para calcular o valor do imóvel para venda

Por: Jaime Cristofori


Colocar um imóvel a venda sempre é um momento que gera dúvidas e pior do que isto é definir o valor de venda do mesmo. Antes de definir o valor do imóvel é necessário compreender como o mercado imobiliário costuma verificar a veracidade do valor de um imóvel. Para isso, podemos seguir alguns indicadores que se tornaram padrão no mercado para fazer esses tipos de análises. Para facilitar este trabalho, sugerimos identificar os fatores que acabam contribuindo para a definição de valor de mercado do seu imóvel:


1 – Compare o valor de imóveis semelhantes ao seu na mesma região, faça buscas:


Levantar a informações de imóveis vendidos e a venda com metragens e características semelhante ao seu é um dos primeiros passos para descobrir o valor do imóvel. Parece até simplório, mas uma busca pela internet ou até um bate papo informal com proprietários podem esclarecer muito sobre o assunto.


Procure por imóveis parecidos com o seu e na mesma região, entre em contato com corretores, proprietários, imobiliárias, moradores, porteiros, e se possível até com vizinhos.


É importante salientar que para fins de comparativo é necessário levar em conta o valor que o imóvel foi realmente vendido e não o preço que estava sendo pedido pelo mesmo.


2 – Localização perfeita do imóvel:


Sim, a localização do imóvel é um dos fatores mais fortes em relação à determinação do valor de um imóvel. Imóvel próximo a centros comerciais, vias de acesso, transporte público, shoppings, delegacias, hospitais, parques, entre outros. Podem ser considerados como um ótimo negócio para venda. Todas essas vantagens comerciais e de transporte valorizam o valor do preço do seu imóvel, já que essas facilidades trazem mais conveniência para o novo comprador por ter um imóvel naquela região.


Não é porque um imóvel no mesmo bairro e características iguais ao seu está sendo vendido por 1 milhão que o seu também terá este valor. A localização vai muito além do bairro, o valor da localização é influenciado até por quem é o seu vizinho, da posição solar, do tipo de rua (comercial ou residencial), do plano diretor da cidade, entre outros. Se um imóvel na sua rua tem como vizinho casas com fachadas abandonadas, e no seu, prédios modernos, o seu imóvel valerá mais.


3 – Área do imóvel ou terreno (metragem):


Não há como calcular o valor de um imóvel sem considerar a área do mesmo. Seja a área construída total e terreno, haja visto que cada região tem um valor por m² como base de cálculo.


É importante salientar que, por exemplo, em apartamentos é importante considerar a área total do imóvel, considerando a fração das áreas comuns.


4 – Características do imóvel, áreas de lazer:


É importante ressalta que se a sua casa ou condomínio tem piscina, salão de festa, salão de jogos ou mais de uma vaga de garagem, tudo deve ser considerado para valorizar o imóvel. O público do mercado imobiliário (os compradores) já se identificam com essas novas características do imóvel e podem inclusive usá-las como influenciadoras para a compra.


Os detalhes e a qualidade nos acabamentos e decoração são fatores também que podem agregar valor ao imóvel.


É importante salientar que na maioria das vezes o proprietário do imóvel quer tirar na venda do imóvel o custo, por exemplo, de mobílias, de detalhes de gosto pessoal, do valor sentimental pelo imóvel e outros. Na prática não é assim. Estes detalhes por vezes não agregam no preço de venda do imóvel, podem até diminuir o preço do imóvel. Já outros que podem não acrescentar no preço,  mas sim ajudam na apresentação e estética do imóvel e que ajudam a causar uma boa impressão ao comprador.


5 – Conservação do imóvel:


O que encontramos na prática é assim: “Quero vender este imóvel então não vou mais investir na manutenção dele. É dinheiro jogado fora”. ERRADOOO!!!


“A primeira impressão é a que fica”. E é justamente por ela que um imóvel reformado ou em bom estado passa mais segurança para o comprador. Cuide e faça ajustes necessários em seu imóvel, isso pode ajudar a valorizar sua propriedade.


Zele pelo seu imóvel, pois uma “casa” em péssimo estado é o suficiente para depreciar o valor do imóvel para alguns compradores.


Segue alguns toques que vão ajudar a sua casa ficar mais atraente aos olhos do comprador:



  • Corrija infiltrações;

  • Mofos;

  • Encanamentos;

  • Fiação elétrica;

  • Portas e janelas estão fechando corretamente;

  • Pintura nova (de preferência com tons neutros);

  • Limpeza e corte de grama de jardins;

  • Uma placa de vende-se somente; e outros.


Estes detalhes podem não agregar no preço do imóvel, mas vão causar a “primeira boa impressão”, que vai fazer com que seu imóvel possa ser vendido mais rapidamente.


6 – Vagas de garagem e dormitórios:


Nos dias atuais onde praticamente todas as famílias possuem um ou mais veículos o número de vagas de garagem é fator muito importante na formação de preço de venda do imóvel. Imóveis com mais de uma vaga e se principalmente elas sejam individuais agregam valor ao imóvel e a venda é mais rápida.


Outro fator que tem que ser considerado é em relação ao número de dormitórios. Se a sua casa ou apartamento possui de 03 dormitórios a cima, com certeza esse número vai contribui com o valor do seu imóvel de acordo com a média do preço por m² na região. O número de dormitórios contribui bastante na hora de decidir o preço do seu imóvel!


7 – Acompanhe o mercado imobiliário


O mercado imobiliário acompanha a economia do país e ainda temos a famosa lei de oferta e procura para definir o valor de um imóvel. Existem momentos perfeitos para se vender, comprar ou alugar, tudo vai depender do momento que o mercado imobiliário se encontra.


Percebemos que por vezes a pessoa diz “há, mas o vizinho vendeu a dois anos atrás pelo valor X, hoje vale muito mais”. Na prática não é bem assim, dependendo do tipo de imóvel, da localização e do mercado este preço do imóvel pode até ter redução.


8 – Contrate um especialista


Além das dicas mencionadas acima existem outros fatores que podem influenciar o valor de um imóvel, como por exemplo: uma mudança de cidade ou país; quem compra ou quem vende está em uma situação de emergência, uma separação de casal, um investimento a vista pela frente, ....


A melhor maneira de fazer uma avaliação do seu imóvel é solicitar para um profissional que atue fortemente na sua região. Um corretor de imóveis capacitado encontrará um valor que estará de acordo com o mercado e oportunidades naquele momento. Com certeza essa é a melhor opção para que você se sinta mais confortável com o valor de venda do seu imóvel.


Sobre Jaime Cristofori: Graduado em Administração, Especialização em Gestão Estratégica, Gestor imobiliário na Ouse Mais Soluções Imobiliárias - Chapecó - SC,  Corretor de imóveis, CRECI/SC 16.356 F.


Fonte: Vivareal.com


Adaptado por: Jaime Cristofori

Continue lendo

Horário de Atendimento:

Seg. à Sexta: 08h30 - 12h00 | 13h30 - 18h Sábados das 8h30 - 12h00

Entre em contato

Rua Rio de Janeiro, 53 E | Centro
Chapecó/SC CEP 89802-230

(49) 98873.9516

(49) 3312 0015 | 3316 0016
atendimento@ousemais.com.br

Todos os direitos reservados | Acesso Restrito | Webmail

Desenvolvido por Lovatel Agência Digital